Páginas

Seguidores

Número de Visitantes

sábado, 10 de março de 2012

Por que o Deus do Antigo Testamento era tão irado?


 “O Senhor é um guerreiro” (Ex 15:3).

Ao ver  isto o Senhor se irritou, provocado á ira pelos seus filhos e suas filhas, e disse: Esconderei deles o meu rosto e verei qual será o seu fim; pois são uma geração perversa, filhos sem lealdade [...] com seus ídolos me provocaram á ira [...] também os provocarei. Pois um fogo se acendeu na minha ira  e arderá até o mais profundo do inferno. Males amontoarei sobre eles e as minhas setas esgotarei  contra eles.  Consumidos serão pela fome e devorados pela  febre e peste violenta; enviarei contra eles o dente das feras e o veneno ardente das serpentes que se arrastam no pó. Por fora devastará a espada e por dentro com pavor, tanto ao jovem como a virgem, assim  a criança de peito como o homem grisalho” (Dt 32: 19-25;).
“Dirás a terra de Israel, isto diz o Senhor Deus: Eis que venho contra ti, tirarei a minha espada da sua bainha e matarei no meio de ti o justo e o ímpio” (Ez 21:3-4;).
“Desafogarei contra ti o meu zelo […] cortar-te-ão o nariz e as orelhas; e o que restar, o retalharão a espada” (Ez 23:25;).
“Pelo que farei estremecer o céu, e a terra se movera do seu lugar, por causa do furor do Senhor dos exércitos, e por causa do dia da sua ardente ira. E como a corça quando é perseguida, e como a ovelha que ninguém recolhe, assim cada um voltará para o seu povo, e cada um fugirá para a sua terra. Todo o que for achado será traspassado; e todo o que for apanhado, cairá à espada” (Is 13:13-15;).

Deus  matou:
 “O Senhor ouviu o clamor de Israel entregou-lhes os cananeus, que ele matou, destruiu suas cidades e pôs aquele lugar o nome de Horma, isto é, maldito” (Nm 21:3).

 “Mas feriu o Senhor os homens de Bete-Semes, porque olharam para dentro da arca do Senhor; feriu do povo setenta homens. O povo se entristeceu, porque o Senhor fizera tão grande morticínio entre eles” (1 Sm. 6:19;).

 “Assim diz o Senhor dos exércitos: Castigue a Amaleque pelo que fez a Israel quando se lhe opôs no caminho, quando este subia do Egito. Vai agora e fere a Amaleque e destrói totalmente a tudo o que tiver. Nada lhe poupes; matarás a homens e mulheres, meninos e crianças de peito, bois e ovelhas, camelos e jumentos” (I Sm 15:2,3;).

 “Portanto, toda a congregação o levou para fora do acampamento e o apedrejaram até que morreu como o Senhor ordenara a Moisés(Nm 15:36;).

"Eu também enviarei as bestas entre vós que matarão suas crianças” (Lv 26:22;).

"O que fazia era mau aos olhos do Senhor pelo que o matou” (Gn 38:9;).

“Aconteceu, pois que à meia-noite, o Senhor feriu todos os primogênitos da terra do Egito” (Ex 12:29;).

“Então o Espírito do Senhor se apossou dele (Sansão), de modo que desceu a Asquelom e matou trinta dos seus homens” (Jz 14:19;).

"Ora, Er, o primogênito de Judá, era mau aos olhos do Senhor, pelo que o Senhor o matou" (Gn 38:7;).

 "E o que ele fazia era mau aos olhos do Senhor, pelo que o matou também a ele" (Gn 38;10;).

“[...] Uzzah colocou sua mão na arca e a pegou; pois o boi  havia tropeçado. E a ira do Senhor se voltou contra Uzzah; e Deus o matou pelo seu erro e lá ele morreu próximo a arca do Senhor” (I Sm 6:6,7;).

Deus castigou:

Também eu convosco andarei contrariamente em furor e vos castigarei sete vezes mais por causa dos vossos pecados. Porque comereis a carne de vossos filhos e a carne de vossas filhas comereis” (Lv 26:28-29;).

 “E lhes farei comer a carne de seus filhos  e a carne de suas filhas e comerá cada um a carne do seu próximo, no cerco e no aperto em que os apertarão os seus inimigos” (Jr 19:9;).

 “E farei em ti o que nunca fiz  e o que jamais farei, por causa de todas as suas abominações. Portanto os pais comerão a seus filhos no meio de ti e os filhos comerão a seus pais e executarei em ti juízos, espalharei todo remanescente a todos os ventos” (Ez 5:8-10;).

 “Quando a carne estava entre os seus dentes, antes que fosse mastigada, se acendeu a ira do Senhor contra o povo com uma praga muito grande” (Nm 11:33;).

Vendo isso Finéias, filho de Eleazar, o filho de Arão sacerdote, se levantou do meio da congregação e tomou uma lança em sua mão; e foi ao encontro do israelita e os atravessou, o israelita e a mulher, pela sua barriga. Então cessou a praga sobre os filhos de Israel. Assim o Senhor falou a Moisés, dizendo: Finéias […] desviou a minha ira dos filhos de Israel, pois foi tomado de zelo por mim no meio deles” (Nm 25:8-13;).

Deus aprovou o assassinato de homens, mulheres, recém nascidos, crianças,  jovens e velhos:
“Agora, pois, matai  de entre as crianças todas as do sexo masculino; e matai  toda a mulher que coabitou com algum homem, deitando-se com ele. Porém todas as jovens que não coabitaram  com algum homem, deitando-se com ele, deixai-as viver para vós” (Nm 31: 17-18;).
“O Senhor  nosso Deus os entregou e nós os derrotamos,  seus filhos e todo o seu povo, no combate em Jaza. Naquele tempo tomamos todas as suas cidades e condenamos ao extermínio todos os seus habitantes, homens, mulheres e crianças sem deixar um só sobrevivente” (Dt 2:33-34;).

Quando o Senhor a entregar nas tuas mãos, passarás todos os homens ao fio da espada. Quanto às mulheres, às crianças, aos animais e tudo o que houver na cidade, todo o seu despojo, tomarás para ti. E comerás o despojo dos teus inimigos, que o Senhor teu Deus te dá” (Dt 20:13-14;).

"Assim o Senhor diz: agora vá e assassine amaleque, e destrua tudo que eles possuem; mate tanto homens como mulheres e crianças recém nascidas, boi e ovelhas, camelo e asno [...] e Saul destruiu todas as pessoas com fio da espada" (I Sm 15:3,7-8;)

 “E disse-lhes o Senhor: Passa pelo meio da cidade, pelo meio de Jerusalém e marca com um sinal as testas dos homens que suspiram e que gemem por causa de todas as abominações que se cometem no meio dela. E aos outros disse, ouvindo eu: Passai pela cidade [...] e feri; não sejam compassivos os vossos olhos, não tenhais compaixão. Matai velhos, jovens,e virgens, meninos e mulheres, até exterminá-los”  (Ez 9:5-7;).

“E suas crianças serão despedaçadas perante os seus olhos; as suas casas serão saqueadas, e as suas mulheres violadas. Eis que suscitarei contra eles os medos, que não farão caso da prata, nem tampouco no ouro terão prazer. E os seus arcos despedaçarão aos mancebos; e não se compadecerão do fruto do ventre; os seus olhos não pouparão as crianças” (Is 13:16-18;).

“Porém os filhos dos assassinos não matou, segundo o que está escrito no livro da lei de Moisés, conforme o Senhor deu ordem, dizendo: Não serão mortos os pais por causa dos filhos, nem os filhos por causa dos pais; mas cada um será morto pelo seu próprio pecado” (II Rs  14:6;).

Nota: Depois de tantas citações bíblicas lamentáveis e horrendas que falam do assassinato de crianças, jovens, mulheres e velhos; finalizamos com uma citação  enfatizando que pela Lei de Moisés, por ordem de Deus, crianças não seriam mortas pelos pecados dos pais e vice-versa. Mas porque o próprio Moisés e Josué não davam mínima para esta lei? Que coisa hein!

Deus mandou matar quem estivesse pela frente:

Quando o Senhor a entregar nas tuas mãos, passarás todos os homens ao fio da espada. Quanto às mulheres, às crianças, aos animais e tudo o que houver na cidade, todo o seu despojo, tomarás para ti. E comerás o despojo dos teus inimigos, que o Senhor teu Deus te dá” (Dt 20:13-14;).

 “Porém, das cidades destas nações, que o Senhor teu Deus te dá em herança, nenhuma coisa que tem fôlego deixarás com vida, antes destrui-las-ás totalmente”   (Dt 20:16-17;).

"Pois o Senhor endurecia seus corações para que eles saíssem contra Israel em batalha para que fossem destruídos totalmente, e que não recebessem nenhuma piedade, mas que ele pudesse destruí-los, como o Senhor ordenara á Moisés”  (Js 11:20;).

 “Assim diz o Senhor Deus de Israel, coloque cada um a espada do seu lado. Passai e tornai pelo arraial de porta em porta e mate cada um a seu irmão e cada um a seu amigo e cada um a seu vizinho” (Ex 32:27;).

 “Vinga os filhos de Israel dos midianistas” (Nm 31:2;).

“Assim feriu toda aquela terra [...] nada deixou de resto; mas tudo que tinha fôlego destruiu, como ordenara o Senhor Deus de Israel” (Js 10:40;).

“Perseguireis os vossos inimigos, que cairão á espada diante de vós” (Lv 26:7-8;).

Deus ordenou que os israelitas matassem Ogue, o rei de Basã, filhos e todo seu povo:

  “O Senhor disse a Moisés: não tenhas medo dele, porque em tua mão o entreguei, todo seu povo e seu país [...] feriram,  pois, também a este com seus filhos e todo seu povo até ao extermínio e conquistaram o seu país” (Nm 21:34-35;).

Deus ordenou a Moisés o enforcamento de  todos os cabeças do povo: 

 “Então, irado o Senhor, disse a Moisés: Toma todos os príncipes do povo e pendura-os em forcas diante do sol, para que o meu furor se afaste de Israel” (Nm 25:4;).

Deus ordenou que não tivessem piedade das nações vizinhas da época:
 “Não farás aliança com elas, nem terás piedade delas” (Dt 7:2;).

Deus manda matar os que desobedeceram Josué:

“Todo homem que for rebelde à tua boca, e não ouvir as tuas palavras em tudo o que lhe ordenares, será morto” (Js 1:1-9,18;).

Deus permitiu que Satã ferisse o seu servo:

“Satanás, pois tendo saído da presença do Senhor, feriu Jó com uma praga horrível” (Jó 2:7;). 

Deus  também causou doença mortal ao povo:

“Ainda as carnes estavam em seus dentes e ainda não haviam acabado de comer, quando a ira do Senhor se acendeu contra o povo e o feriu com uma grande praga” (Nm 11:33;).

Deus enviou pragas aos egípcios pelas seguintes razões:


1- Mostrar que ele era o Senhor.
2- Mostrar que não há outro como Ele na Terra.
3- Mostrar seu grande poder.
4- Para que o seu nome fosse declarado em toda Terra.
5- Para dar aos israelitas motivos para falarem aos seus descendentes.
6-Mostrar que Ele faz distinção entre Israel e o Egito. 

“Os que o acharam apanhando lenha o trouxeram a Moisés e a Arão e a toda congregação. Então disse o Senhor a Moisés: Tal homem será morto; toda a congregação o apedrejará fora do arraial [...] e ele morreu como o Senhor ordenara a Moisés” (Nm 15:33,35-36b;).

Deus faz Miriam ficar leprosa só por ter falado contra Moisés (Nm 12:1-10;).

Deus faz com que a terra se abra para engolir homens e suas famílias por terem causado rebelião (Nm 16:27-33;).

Fogo vindo do Senhor consumiu  250 homens (Nm 16:35;).

Uma praga vinda do Senhor mata  14 mil e setecentas pessoas (Nm 16:49;).

Deus enviou serpentes para matar os israelitas (Nm 21:6;).

24 mil pessoas morreram  devido á uma praga vinda do Senhor (Nm 25:9;).

Deus ensinou a Davi guerrear:

"E Davi consultou ao Senhor, que respondeu: Não subirás; mas rodeia-os por detrás, e virás sobre eles por defronte dos balsameiros. E há de ser que, ouvindo tu o ruído de marcha pelas copas dos balsameiros, então te apressarás, porque é o Senhor que sai diante de ti, a ferir o arraial dos filisteus. Fez, pois, Davi como o Senhor lhe havia ordenado; e assassinou os filisteus desde Geba, até chegar a Gezer" ( II Sm 5:25;).

Parte integrante do livro "Paradoxos da Bíblia."

Um comentário:

  1. Cara gostei muito de seu blog.Já tinha minhas duvidas, sobre Deus desde os 12 anos, quando comecei a estudar melhor a evolução humana. Desde então meu lado ateu só teve a crescer, e com esse blog armazenei muitas ideias contra o suposto deus imaginario, e trouxe mais um pouco de conhecimento. Obrigado,abraços !
    Tiotonio Neto, 17 anos, Baiano esquerdo.

    ResponderExcluir